Artigos destaque Sem categoria

A Onda que esqueceu que era Mar.

Você já se perguntou, quando foi que você se perdeu de você? Quando foi que você passou a acreditar em alguém e passou a adotá-lo como o seu Guru e deixou de acreditar em você mesmo?

Todos nós ao chegarmos aqui, temos uma missão para realizar e esse caminho faz parte do encontro conosco. Quando identificar a sua missão irá se reencontrar  e aí começar a sua jornada de cura. Sim, pois não pense que é simples assim.

Considerando a hipótese mais aceita sobre a criação do Universo, a teoria do Big Bang, o Universo vem sofrendo um processo de expansão há 13,8 bilhões de anos, o que, para mim, significa também o nosso processo de expansão da consciência.

A todo momento somos convocados a prestar atenção ao que acontece conosco e arredores, dar significado a tudo isto e aprimorar a nossa escuta interna.

E toda a nossa desorientação, ao meu ver, passa por aí. Pela falta ou pouca escuta interna. Não temos tempo. Temos pressa.

Quando você exercitar esta escuta, acessará o seu divino, a sua mais pura luz e para tudo encontrará a resposta.

E o que você faz? Se distancia de você.  Busca Deuses e Gurus. Toma carona no livre acesso ao divino do outro, quando vai em busca de cartomantes, de tarólogos, das cartas, dos búzios. Sem desqualificar os profissionais sérios e competentes que existem nestes ofícios.

É preciso estar sempre alerta.

Quem é Deus?

Pierre Weil, educador e psicólogo francês, fundador da Universidade da Paz em Brasília,  lembra claramente que Deus é a força que atrai e repele as partículas da nossa luz, para que possamos existir como matéria. Espaço nos preenchemos a nós, da nossa própria matéria que nos limita embora sejamos ilimitados.

Mas Deus, para quem acredita em sua existência como algo maior, não está fora de nós. Está dentro. E essa desconexão, essa busca lá fora é que faz cada vez mais nos perdermos de nós, pois vamos nos distanciando do divino interior.

É muito desafiante acreditarmos que somos Deus. Por quê será? Imagine você, com este nível de consciência que tem agora, ter acesso a todos os seus poderes com este ego transbordante, desejoso de aparecer a todo momento? Querendo ser o tal. O melhor. O que sabe. O que tem dinheiro.

O que será que você seria capaz de fazer?

Com medo de tudo isto, negamos tudo. Negamos a nós mesmos, pois desta forma fica mais fácil não assumirmos a responsabilidade sobre a nossa vida e procurarmos gurus, salvadores e pedir a Deus que nos salve como se estivéssemos separados dele.

E Pierre Weil tem um conselho para todos nós. Se tu queres realmente reencontrar este paraíso que tu jamais perdeste, então medita e dançe. A meditação será o dissolvente da tua catarata. Medita sobre quem tu és realmente e vai encontrar Deus em todos os lugares ao mesmo tempo. Nem fora e nem dentro.

Esteja presente em você que Deus se fará presente em tudo na sua vida. Lembre-se  que não há eu e nem você, certo e errado, verdadeiro e falso. Tudo são possibilidades de ser.

Como diz Pierre, somos a onda que esqueceu que é mar.

E finalizo com a musica “A começar em mim” que diz:

Cedo me acordo, a oração
É o coração que tá apertado
Para ver um mundo diferente da notícia repetida da televisão
Eu me pergunto onde é que foi
Alguém me explica, por favor, onde é que foi
Que nós desaprendemos a viver em união

Quero ver mudar, mas se eu aqui só esperar
Eu sou um deles, sou só um deles
Minha oração só é real transformação se começar em mim.

Artigo publicado no jornal Diário de Ilhéus em 29/11/2019 e no blog do Thame em 30/11/2019 em http://www.blogdothame.blog.br/v1/2019/11/30/a-onda-que-esqueceu-que-era-mar/#more-97323

2 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: