Artigos destaque

O amor de mãe cura

Este dia das mães será mais especial do que todos. Alguém vai me perguntar, especial? Digo sim.

Especial é algo que é exclusivo, particular, fora do comum. E, este dia será um dia cheio de particularidades.

Especial pois, para muitas como eu, faltará o abraço apertado, a comidinha feita para todos, mesa completa e amorosa.

Um dia que muitas mães, terão a sensação de um útero vazio, e será só uma sensação, pois um útero depois de preenchido jamais será vazio. Nem o coração daquelas que o preencheu por meio da adoção.

Será um dia, que quem sabe os filhos distantes da mãe, percebam com mais acuidade o quanto o amor de mãe cura. Um amor que muitas vezes, causa dor nos filhos, pois de tanto amar as mães são capazes de cometer gestos insanos e até agressivos, acreditando estar fazendo o melhor para os seus filhos.

E está. Pois, embora muitos filhos tenham dificuldade de compreender, este é o melhor  que ela pode dar. Por que, provavelmente foi este o modelo de mãe que conheceu.

O amor de mãe cura, pois é ela que, em grande parte, abre os olhos dos filhos, levanta, dá limites, diz o que quer e até o que não queria dizer. E diz.

Filho deve evitar ser juiz de mãe. Deve evitar julgar a mãe por isto ou aquilo. Cada filho tem a mãe que precisa ter para o seu processo de evolução na terra. Cada filho tem a mãe certa e vice e versa.

Os filhos são também os nossos professores. Eu aprendo um tanto com os meus e assim me torno uma melhor mãe. Os seus questionamentos me fazem refletir o quanto estou sendo coerente com a palavra que pronuncio para cada um deles. Eles estão sempre atentos. Portanto, esteja atenta também.

Mãe é aquela que dá  limites ao filho, pois é necessário, e com o coração apertado vai para o banheiro chorar. E ele nem imagina ser isto possível. E um dia, ela sorri por isto, pois entende que foi este limite que possibilitou aos filhos a seguirem o caminho da retidão.

O amor de mãe cura de qualquer jeito, mesmo que pense que a sua mãe não lhe amou por que lhe abandonou ou lhe doou um dia. Mãe também faz isto com os filhos por amor. Por que em um momento de dificuldade, se achou incapaz de cuidar acreditando que alguém faria melhor do que ela. Ninguém imagina ou seu sofrimento por este gesto.

O amor de mãe cura porque gesta a vida! E a vida é um grande presente, pois é ela que nos ensina a sermos melhores. E cada um aprende se tiver disposição. Muitos preferem se queixar e permanecer no mesmo lugar, apontando o dedo para algum responsável. Desonrando a vida que recebeu dos seus pais.

Gestar é ninar e embalar o presente da Vida, para que seja vivida da forma que é. E reconhecer a forma que é, aceitar e honrar é se abrir para a prosperidade.

Porque a vida é amarga e é doçura e por isto é que cura.

Artigo publicado no jornal Diário de Ilhéus em 8/5/2020.

Eulina Menezes Lavigne é terapeuta clínica, escritora, agricultora e mãe de três filhos.

2 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: